Já ouviu falar em Túnel do Carpo?


A síndrome do túnel carpal é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço, fornecendo sensação de dormência, formigamento, fraqueza ou danos musculares na mão e nos dedos.

O nome pode parecer estranho, mas a doença é cada vez mais comum.

A neuropatia que causa dormência, dor e desconforto na mão afetam cerca de 75 milhões de pessoas em todo o mundo.

Causas

A causa principal da síndrome do túnel do carpo é a L.E.R. (Lesão do Esforço Repetitivo), gerada por movimentos repetitivos. Existem também causas traumáticas (quedas e fraturas), inflamatórias (artrite reumatóide), hormonais (tireóide, diabetes e menopausa) e medicamentosas. Tumores também estão entre as possíveis causas da síndrome.

A doença é comum em músicos, digitadores, escritores, pessoas que trabalham no computador e costureiras, justamente por serem atividades manuais ou que forçam uma mesma posição das mãos. Digitar em um teclado de computador é provavelmente a causa mais comum de síndrome do túnel carpal.

A doença ocorre com mais freqüência em pessoas entre 30 e 60 anos , sendo mais comum em mulheres do que em homens. Os sintomas são mais comuns à noite ou pela manhã, devido a diminuição do estrógeno, o que causa o acúmulo de líquido na membrana dos tendões. Isso explica o porquê da doença ser mais freqüente em mulheres, especialmente após os 30 anos.

Exames

O