Segunda opinião sobre cirurgia de joelho


O Problema O empresário B.L.S vinha correndo regularmente há 20 anos quando começou a sentir dores persistentes no joelho direito. Ele tentou fortalecer com exercícios do personal, depois realizou um tratamento de medicação e depois injeções. Nenhum dos dois ofereceu alívio. Finalmente ele fez uma ressonância magnética. Seu menisco medial, a cartilagem que absorve o choque no joelho, estava parcialmente lesionado. Seu médico disse que a cirurgia era sua única opção.

Segunda opinião Ele pesquisou na internet e tomou conhecimento do método Mckenzie de tratamento articular, um fisioterapeuta e um especialista em movimento, alguém que se concentrasse na biomecânica do corpo e nos exercícios corretivos. B.L.S chegou a Clínica Fisio. Lá ele realizou uma série de testes de agachamento e estabilidade para identificar desequilíbrios que poderiam estar contribuindo para o problema. Ele foi "esticado", "apertado", recebeu instruções e vários tratamentos para evitar a atrofia e rigidez da musculatura da coxa enquanto o menisco se curava sozinho. O ápice da consulta foi: "pequenas lesões do menisco são comuns e não são preocupantes;

Nem todos os problemas do joelho são tão fáceis de corrigir e às vezes a cirurgia é inevitável. Mas antes de operar seu joelho, ombro, quadril ou qualquer cirurgia relacionada à articulação, considere uma consulta com um fisioterapeuta especialista em movimento. B.L.S não tem arrependimentos: "Eu estou 98 por cento livre de dor e de volta a correr cinco dias por semana".

Se você deseja uma segunda opinião, agende com um atendimento com o nosso Fisioterapeuta Leonardo R. Bezerra. Ele te aconselhará sobre a melhor conduta.

Agende online www.clinicafisio.com.br/agendamento

#segundaopiniãodecirurgia #opiniãodecirurgiadejoelho #segundaopinião #fisioterapeuta #métodomckenzie #tratamentodefisioterapia