Prevenção e Compreensão da Dor Lombar




Uma das queixas mais frequentes dos idosos é a dor lombar. A notícia agradável é que, enquanto a maioria de nós irá ter que sentir isso em um momento ou outro  da vida, ela provavelmente irá desaparecer de uma a quatro semanas. O papel da Fisioterapia é diminuir este tempo para um retorno mais rápido das atividades de vida e laborais.

Sabemos e tratamos sem medicação de maneira rápida e eficaz com o método Mckenzie de tratamento.

Este tipo de dor forte (aguda) nas costas pode durar de alguns dias a semanas. Ele pode surgir subitamente ou desenvolver e piorar ao longo do tempo. A dor na parte de baixo da coluna é chamada de “aguda” quando dura menos de quatro a seis semanas. A dor de um longo período é chamado de “crônica”. Nem toda a gente com dor lombar encontrará o mesmo conjunto de sintomas. Alguns acham que a dor se irradia para as nádegas ou mesmo as pernas. Alguns sentem dor e rigidez nas costas.

É útil compreender as causas e os sintomas de dor lombar, antes de tomar medidas para impedi-la. Métodos de tratamento como a R.P.G e o Pilates devem ensinar ao aluno práticas de prevenção e informações úteis de auto-tratamento.

A maioria dos problemas que vêm da parte inferior das costas podem se originar de um evento ou uma lesão específica. Está lesão pode facilmente ser resolvida por um fisioterapeuta formado pelo método Mckenzie de Tratamento. É claro que em alguns casos, quando há sinais de bandeira vermelha (Falta de controle esfincteriano, fraqueza nas pernas, falta de sensibilidade, história de queda recente, osteoporose grave…), o paciente deve rapidamente se dirigir a uma emergência.