top of page

Treinamento de Força para pessoas acima de 60 anos - Fortaleza


À medida que envelhecemos, nossos corpos passam por mudanças que levam a uma diminuição no tamanho, força e função musculares. Isso pode afetar nossa capacidade de nos locomovermos com segurança ou de participar de algumas das atividades de que gostamos. À medida que aumenta o número de pessoas com mais de 65 anos, a questão de como prevenir ou minimizar os efeitos do envelhecimento em nossos músculos torna-se importante responder. Junto com as recomendações para viver um estilo de vida ativo, a adição de treinamento de força é algo que a pesquisa mostrou que ajuda a prevenir ou diminuir a fraqueza muscular em adultos mais velhos e deve ser adicionado às nossas rotinas de exercícios semanais. No entanto, as estatísticas atuais identificam que apenas 8,7% dos adultos mais velhos (com mais de 75 anos de idade) participam de atividades de fortalecimento muscular.


Por que a força muscular é importante?

A fraqueza muscular tem sido associada ao aumento de quedas, diminuição da capacidade de realizar tarefas diárias e dificuldade para caminhar e se mover com segurança na comunidade. O aumento da fraqueza é causado principalmente pela inatividade e desuso. Com o tempo, isso pode levar à perda de independência e da qualidade de vida geral. Embora possa ser difícil determinar o que acontece primeiro, uma diminuição na força muscular também está associada a maiores riscos de desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes, osteoporose, doenças cardiorrespiratórias e morte precoce.


A força muscular melhorada ajuda a prevenir esses problemas por:


Construindo força muscular e resistência

Manter os ossos fortes e saudáveis

Melhorar o equilíbrio, a coordenação e a capacidade de andar

A melhora da força muscular não apenas reduz o risco de queda, mas também pode reduzir a gravidade das lesões ou fraturas sofridas por uma queda, tornando a recuperação mais fácil e rápida.


Igualmente importante, níveis mais baixos de força e atividade física parecem estar associados a dificuldades com a função cognitiva (capacidade de pensar) e podem colocar os indivíduos em maior risco de desenvolver a doença de Alzheimer e outras deficiências cognitivas. Pesquisas indicam que o treinamento de força de alta intensidade não só melhora a força muscular, mas também resulta em melhora significativa na função física e cognitiva daqueles com diagnóstico de comprometimento cognitivo leve.


No geral, ser fisicamente mais forte está associado a uma melhor qualidade de vida e pode estender a capacidade dos idosos de viverem de forma independente enquanto desfrutam do estilo de vida que escolheram.


Como iniciar o treinamento de Força?

Cada indivíduo é único e tem diferentes desafios de saúde e objetivos de atividade. Depois de ter decidido iniciar uma rotina de exercícios, é importante que você procure aconselhamento profissional para garantir que seu programa seja seguro e projetado especificamente para atender às suas necessidades. Buscar a ajuda de um fisioterapeuta é um ótimo lugar para começar. Os fisioterapeutas têm formação para avaliar seu estado atual, identificar quaisquer fatores de risco que precisam ser gerenciados e desenvolver um programa baseado em seus níveis de atividade e condicionamento físico e objetivos de estilo de vida. Trabalhar com seu fisioterapeuta garantirá que você aprenda exercícios apropriados e técnicas corretas, que sua resposta a cada tipo de exercício seja observada e que sejam feitas mudanças para atender às suas necessidades conforme você progride.


Oferecemos o serviço exclusivo da Fisio Força que é especialmente desenvolvido para ganho de força. Saiba mais em fisioforca.com.br


70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Tratamento de hérnia de disco em Fortaleza

Principais especialistas de hérnia de disco em Fortaleza O que é uma hérnia de disco? Os discos nas costas funcionam como uma almofada de borracha entre as vértebras (ossos) que compõem a coluna. Eles

Comments


bottom of page