Cotovelo de Tenista - Epicondilite Lateral


Cotovelo de Tenista é um termo geral utilizado para descrever dor na parte externa do cotovelo. As causas mais comuns são relacionadas a inflamação ou degeneração do tendão do músculo extensor do pulso em relação ao cotovelo. É também conhecido como epicondilite lateral.

Apesar do nome, essa condição de dor não é observada somente em jogadores de tênis, é vista também em outros esportes ou atividades recreativas que envolvam estresse repetitivo nos músculos ao redor do cotovelo, como levantamento de peso dentre outras atividades.

Essa lesão pode ser muito complicada de tratar, especialmente quando se torna cronica, então é muito importante que um diagnostico preciso seja feito o quanto antes. Cotovelo de tenista pode se desenvolver de duas formas: De forma rápida, caracterizando um estado agudo, ou ao longe de um período de dias ou semanas em um processo gradual, caracterizando um estado cronico.

Sintomas

O principal sintoma é a dor sentida de um a dois centímetros na região externa do cotovelo, conhecida popularmente como epicondilite lateral. Além desses sintomas, podem haver fraquezas associadas ao antebraço e cotovelo, causando dificuldade em executar simples tarefas como abrir uma porta apertar a mão de alguém ou qualquer outra atividade que cause um esforço nessa região.

Tratamento

O trabalho do fisioterapeuta consiste em executar um certo numero de testes para ajudar no diagnostico. Um dos testes consiste em curvar o dedo do meio da mão, mantendo certa força, causando dor que pode indicar uma possível epicondilite. Existem outros testes a serem feitos que consistem em avaliar o sistema nervoso da região. Esses outros testes se fazem necessárias pois existem outras lesões com os mesmos sintomas, bem como o aprisionamento do nervo radial e até mesmo lesões no pescoço.

Para que os pacientes recebam o tratamento do cotovelo de tenista de forma que eles consigam realizar novamente tarefas comuns do dia a dia, a Clinica Fisio oferece a melhor maneira de tratar a epicondilite lateral.

O que é?

O cotovelo de tenista, na maioria dos casos, é uma lesão que ocorre na articulação onde o tendão do extensor 'carpi radialis brevis’ causa uma inserção muscular no epicôndilo lateral do úmero. Nessa região existem vários receptores sensitivos, fazendo com que seja sensível ao toque.

Tipos de Lesões

Lesões agudas ocorrem imediatamente depois de certas atividades, como um rebate de uma tacada de tênis com pouca técnica. O extensor do músculo na parte de trás do antebraço, extensores do punho, ficam sobrecarregado causando micro lesões no tendão que o liga ao cotovelo.

Lesões cronicas, por outro lado, normalmente se desenvolvem ao longo de um período de dias ou semanas, e usualmente é gerado por uma série de exercícios intensos, os quais os pacientes não são acostumados, como levantamento de peso (Material de mudança, mudança da mobília, etc).

O termo médico “Epicondilite Lateral” pode causar uma certa desconfiança no paciente, já que em suas últimas letras temos o termo ‘ite’, que geralmente implica a existência de inflamação na área da dor. Na maioria dos casos isso não acontece, já que a maioria das lesões é cronica, portanto o estágio inflamatório já passou.

Oferecemos opções de tratamento específicas e