Bursite: Causas e Tratamento


A bursite é uma inflamação de uma bursa causada pelo seu uso repetitivo, trauma, infecção ou uma doença inflamatória sistêmica. A bursa é uma pequena bolsa cheia de líquido, que funciona como uma superfície de deslizamento para reduzir o atrito entre as partes do corpo.

Assim sendo, as bursas estão localizadas perto dos tendões próximas às grandes articulações, como ombros, quadris e joelhos. Existem mais de 150 bursas no corpo humano, que lubrificam e amortecem os pontos de pressão entre os tendões e a pele, ou um tendão e um osso. A doença normalmente afeta as áreas ao redor das articulações dos ombros, cotovelos e quadris. Embora menos frequentemente, a bursite também pode desenvolver-se no joelho (joelho da faxineira), no calcanhar ou até mesmo na base do dedão do pé.

As Origens da bursite

A bursa geralmente inflama por lesão, infecção ou uma condição reumática subjacente e que, por sua vez, perde suas capacidades de deslizamento. As bursas são revestidas com células sinoviais que secretam um fluido rico em colágeno e proteínas. Este líquido sinovial atua como lubrificante e é infectado por bactérias ou também é irrigado resultando em bursite.

Listamos aqui algumas das possíveis causas sistemáticas da bursite:

· Artrite Reumatóide

· Infecção da Bursa

· Escoliose

· Gota

· Infecção conjunta, lesão ou uso excessivo

· Postura incorreta

· Estresse nos tecidos moles

· Medicamentos, como celexa, lexapro e prozac

Diagnóstico e Tratamento

A bursite é facilmente identificada por uma dor localizada ou inchaço e sensibilidade e dor sentida com o movimento dos tecidos na área afetada. O exame radiográfico também pode refletir a calcificação na bursa, especialmente quando a condição é crônica ou recorrente.

O tratamento da bursite, sob qualquer forma, depende de a doença estar infectada (bursite séptica) ou não infectada (bursite asséptica).

Em um momento inicial de inflamação, a fisioterapia trata convenientemente a bursite asséptica com compressas de gelo, laser, ultrassom e analgésicos. Após o controle da dor, deve ser restabelecida a força muscular e a amplitude de movimento do membro afetado.


273 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo