Cirurgia para Coluna - Fusão


Nas ultimas semana, temos atendidos muitos pacientes que realizaram cirurgia de coluna. Alguns estavam com dor após ao procedimento cirúrgico (de certa forma normal devido ao dano tecidual ocasionado) e outros devido a fixação cirúrgica da coluna. Para alguns, a fusão ajudou um problema e causou outro. Para outros, a fusão não ajudou e apenas piorou as coisas. Então o que está acontecendo?

O propósito de uma cirurgia de coluna é parar o movimento. O cirurgião faz uma união (fusão) das vértebras, removendo o disco entre elas e, em seguida, inserindo osso ou espaçador. Pela lógica, isso é excelente, mas o problema, é que infelizmente, os níveis imobilizados compensam o movimento nos segmentos vertebrais adjacentes ou subjacentes. Isso pode ocasionar dor, esporões ósseos (bico de papagaio), artrose nas articulações e degeneração de disco.

Antes de realizar qualquer porcedimento você deve consultar um profissional clínico sobre o caso. Uma das melhores avaliações disponíveis é o Método Mckenzie.

Sim, tudo bem, mas já fiz o procedimento, e agora? Já atendemos milhares de pacientes após fusão e muitos se dão bem com os procedimentos da fisioterapia. Alongamento terapêutico, R.P.G, Pilates, Terapia de Descompressão, Osteopatia...O importate é não ficar parado. O legal é que você pode ter alta para atividade física. Siga esses passos:

1-Agende sua avaliação com o nosso serviço de fisioterapia www.clinicafisio.com.br/agendamento;

2- Solicite o plano de tratamento para a sua alta para atividade física.

#clinicafisio #tratamentopocoluna #cirurgiadecoluna #fusãodacoluna #tratamentoparaoperaçãodecoluna #doresapóscirurgiadecoluna

#fisioterapia #clinicadefisioterapia #clinicafisio #fisioterapiaantesdacirurgia #cirurgiadecoluna #fusãoespinhal