Protocolo de reabilitação para reparo do manguito rotador | Fisioterapia após a cirurgia | Fortaleza

A equipe da Clínica Fisio recupera o manguito rotador há mais de vinte anos e tem aprimorado progressivamente as técnicas.


É importante salientar que o nosso tratamento inclui técnicas não cirúrgicas e pré/pós cirurgicas.


A lógica por trás do alongamento e fortalecimento do manguito rotador inflamado para acelerar a cicatrização e o desempenho funcional é a seguinte: O tecido inflamado é caracterizado pelo aumento de fluido entre as células, aumento do número de novos vasos sanguíneos e células do tipo inflamatório. Como resultado dessa reação inflamatória, um novo tecido de colágeno é depositado pelo corpo em um esforço para curar o tecido lesado. Se o ombro for imobilizado durante este tempo, o novo colágeno é depositado de forma desorganizada, criando uma cicatriz. O objetivo do alongamento suave, do fortalecimento e da medicação antiinflamatória é estimular as células a depositar o colágeno ao longo das linhas de estresse, formando tendões fortes e normais. A combinação de um bom aquecimento, alongamento suave, fortalecimento abaixo dos limites da dor é ideal antes ou após a cirugia.


Resumindo o parágrafo anterior: Não imobilize de forma absoluta.


Detalhes sobre alongamento e fortalecimento

O alongamento dos músculos do manguito rotador do ombro é facilmente realizado tanto como tratamento para a inflamação quanto como aquecimento antes da atividade. Alongamentos específicos são direcionados à atividade que a pessoa deseja retornar. Muitos alongamentos de ombro estão disponíveis e a maioria é útil, desde que a dor aguda seja evitada.


O fortalecimento dos músculos do manguito rotador do ombro é melhor realizado isolando cada grupo de músculos e treinando seletivamente esses músculos.


Protocolo de reabilitação pós-operatória do manguito rotador


Considerações gerais:

Este protocolo é apenas uma orientação; a progressão real será baseada na apresentação clínica.

A amplitude de movimento passiva precoce da articulação glenoumeral para prevenir aderências capsulares é essencial.

* Essa amplitude inicial de movimento é feita de uma maneira que encurta o músculo envolvido: isto é, para o supraespinhal - evite a adução além da linha média e da rotação externa.

NÃO eleve o braço operado acima de 70 graus em nenhum plano nas primeiras 4 semanas pós-operatórias.

NÃO levante nenhum objeto com mais de 3 kg com o braço operado nas primeiras 6 semanas.

EVITE rotação externa / interna EXCESSIVOS nas primeiras 6 semanas.

Gelo no Ombro de 3-5 vezes (15 minutos de cada vez) por dia para controlar o inchaço e a inflamação.

Uma tipóia de ombro com almofada de abdução é usada por 4 semanas após a cirurgia. O uso da tipoia durante o sono é opcional, dependendo do conforto.

Mantenha sempre uma boa postura ereta da cintura escapular, especialmente durante o uso da tipoia.

Visite o seu cirurgião no