torcicolo congenito fortaleza.jpg

Fisioterapia para

Torcicolo Congênito

Torcicolo é um termo usado para um 'pescoço torto' ou 'cabeça virada'. Pode ocorrer por várias razões e o bebê fica segurando a cabeça em uma posição inclinada e virada. Muitas vezes, o Torcicolo é percebido pelo pais (e não pelos profissionais de saúde) e o diagnóstico confirmado pelo pediatra/ortopedista/fisioterapeuta. Além das sessões clínicas, o fisioterapeuta prescreve exercícios para casa e acompanha o progresso. 

Perguntas frequentes

O que causa o Torcicolo Congênito?


O Torcicolo congênito geralmente é causado culo apertado no pescoço que faz com que a criança segure o pescoço em uma posição inclinada e virada. Isso também é chamado de "torcicolo muscular congênito" ou, ocasionalmente, "torcicolo". Algumas crianças com torcicolo terão uma pequena "tumefação" no músculo que geralmente desaparece no primeiro ano de vida.

O torcicolo é relativamente comum em recém-nascidos e acredita-se que ocorra entre 0,3 e 1,9% dos nascimentos. Bebês que são os primogênitos, têm um parto difícil ou estão em uma posição difícil no útero podem ter mais chances de ter torcicolo.

Bebês com torcicolo devem ser avaliados pelo pediatra ou fisioterapeuta para realizar uma avaliação completa. Bebês com torcicolo podem estar em maior risco de assimetria do crânio (plagiocefalia), displasia do desenvolvimento do quadril ou anormalidades nos pés. Se um torcicolo não for tratado, pode estar associado a anormalidades da coluna ou assimetria facial. Felizmente, a fisioterapia mostra-se eficaz no tratamento do torcicolo.




Como eu sei se meu filho tem Torcicolo Congênito?


Você pode notar um "caroço" no pescoço do seu filho, que ele está inclinando a cabeça ou que tem dificuldade em virar a cabeça para o lado. Você pode perceber que seu filho tem uma forte tendência a olhar somente para uma direção. Normalmente, se uma criança inclina a cabeça para um lado, ela vai virar a cabeça para olhar na outra direção. É importante lembrar que, embora a "massa" muscular se pareça com um "tumor", ela não é cancerosa e resolve com o tempo.




Como a Fisioterapia pode ajudar a tratar o torcicolo Congênito?


Seu fisioterapeuta pode ajudar com o diagnóstico do torcicolo. Muitas vezes, essa "patologia" passa despercebida pelos pediatras. A Fisioterapia pode ajudar torcicolo, alongando o músculo apertado. O fisioterapeuta trabalhará com os pais para desenvolver um programa domiciliar de exercícios de alongamento suaves e ideias para brincar e posicionar. Em bebês com mais de seis meses, exercícios de fortalecimento também podem ser incluídos para ajudar o bebê a desenvolver sua capacidade de manter o pescoço ereto. Os exercícios de alongamento suave não devem ser dolorosos para o bebê. O programa inicial pode incluir: alongar o músculo encurtado; exercícios para fortalecer os músculos do pescoço do bebê; maneiras de movimentar seu bebê para incentivá-los a olhar para o seu lado não-preferido e outros.




A fisioterapia funciona para solucionar o problema?


Há uma série de estudos que demonstram excelentes resultados com o início da fisioterapia em uma idade precoce. Esses estudos demonstram que os fatores mais importantes que afetam a rapidez com que o torcicolo melhora e resolve incluem: o tipo de torcicolo, a gravidade da restrição em movimento e a idade de encaminhamento para fisioterapia. Em geral, quanto mais cedo o bebê for encaminhado para fisioterapia, melhor será o resultado.





Você pode agendar sua fisioterapia ainda hoje

Basta acessar nosso agendamento online

Simples, rápido e sem espera